Mentes que gerenciam o futuro

Redaçãomarço 16, 20204 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/03/MG_4332-1024x683.jpg

Profissionais de diversas áreas ocupam cargos de comando em empresas

Por Flavia Cirino / Fotos: Haln Junior – Grupo YBrasil

 

Participar de reuniões de diretoria da empresa e ser a única executiva negra entre seus pares. Ser “exceção” onde jamais foi pensado. Não fazer parte de estatísticas positivas. Essas foram algumas das constatações feitas por executivos reunidos numa roda de conversa promovida pela RAÇA e a Fundação Dom Cabral, em São Paulo, para dar o pontapé inicial do Fórum Brasil Diverso 2020.

Discutindo o ingresso, permanência e ascensão de negros e mulheres no mercado de trabalho brasileiro, profissionais destacaram seus pontos de vista acerca da diversidade nas empresas.

Edson Dias, que por anos foi um dos homens mais fortes do HSBC, instituição pioneira na área de diversidade no Brasil no setor bancário, destacou a necessidade de inclusão, de fato, nas empresas.

“Considero que as grandes empresas no Brasil têm programas de inclusão e se interessam pelo tema. Porém, estas ações se restringem ao ambiente corporativo, dificultando o acesso da maioria dos afrodescendentes. Entendo que a única maneira de fazer esses programas chegarem ao público interessado é realmente fazer a inclusão. É através da divulgação nas mídias sociais, que permitem a interação social a partir do compartilhamento e da criação colaborativa de informação”, enfatizou o consultor.

Fora das grandes corporações, desde 2011, ele é sócio da consultoria DATAS Intermediação de Negócios, e enfatizou que as mudanças têm sido pequenas e pouco expressivas.

“Parece que o mundo não mudou desde 1974, quando ingressei no mercado de trabalho. Para que a gente esteja aqui discutindo esses índices hoje, é porque pouca coisa mudou. Esses índices me assustam. Parece que a gente não caminha. Gostaria de discutir o programa de base que temos nesse país, para fazermos essa reversão. A sorte é uma coisa, outra é a coragem de promover a mudança. É disso que precisamos.”

Para continuar lendo, acesse https://revistaraca.com.br/assinatura/

Comentários

Comentários

Redação

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários