Mercedes apoia Hamilton na luta pelos direitos humanos

No último domingo (13), após vencer o GP da Toscana, Lewis Hamilton foi criticado atacado por usar uma camiseta onde estava escrito: ‘Prenda os policiais que assassinaram Breonna Taylor’. A citação se refere à americana que foi baleada em sua própria casa por policiais. Eles foram demitidos, mas saíram impunes, sem acusações.

A indignação explícita sobre a investigação da morte de Taylor fez com que o piloto dividisse opiniões. Alguns julgaram que ele foi longe demais e destacaram que se posicionamento é político, o que não condiz com o pódio da Fórmula 1.

Entretanto, a Mercedes está apoiando seu piloto. Muitas reações de raiva aparecem online a uma reação da Mercedes. A equipe alemã indicou que essa ação de Hamilton não tem nada a ver com política, mas com divulgar os direitos humanos.

Ao expressar seu apoio ao ‘Black Lives Matter’, o hexacampeão mundial já foi uma voz clara na luta contra o racismo.

Comentários

Comentários

About Author /

Start typing and press Enter to search