Negro, “gestor de pessoas”, faz ofensas racistas a Benedita da Silva

Redaçãoagosto 27, 20203 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/08/foto-de-lula-marques.jpg

Júlio Marcos Saraiva, homem negro que afirma ser especialista em gestão de pessoas, usou suas redes sociais na terça-feira (25) para ofender a Deputada Federal Benedita da Silva (PT-RJ). Ele, que já foi homenageado pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) com o título de Honra ao Mérito, disse que a deputada é uma “mulher feia,insípida,inodora,incolor, preta ridícula, beiçuda, nariz de tomada, vagabunda” — entre outros insultos racistas.

Ele seguiu seus ataques citando a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que aprovou cotas do fundo eleitoral para candidaturas de negros.

“Essa vagabunda, criou uma lei, que da para quem e quilombola, (preguiçosos e lerdos) e preto em geral, cota de 20 % nos partidos na próxima eleição, vai inviabilizar os partidos, só podia ser coisa dessa negra idiota, líder da esquerda evangélica”, disparou Saraiva.

O administrador, de acordo com postagens de seu próprio Facebook, parece já ter sido próximo da esquerda e passou, nos últimos anos, por uma “virada” ideológica. Entre 2011 e 2012, participou do “Movimento Nova Politica” que, de acordo com matéria compartilhada por ele, era “inspirado” na ex-senadora Marina Silva.

Nas redes sociais, em especial no Twitter, internautas se mobilizam para formalizar uma denúncia. A deputada federal Benedita da Silva ainda não se pronunciou.

 

Comentários

Comentários

Redação

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários