Revista Raça

Especiais

O POETA NEGRO CRUZ E SOUZA

  • Autor: redação redação

  • Publicado em: 16/10/2016

  • Comentários:

Saiba um pouco mais sobre a história do poeta Cruz e Souza

 

TEXTO: Uelinton Alves | FOTO: Divulgação | Adaptação web: David Pereira

O poeta Cruz e Souza | FOTO: Divulgação
O poeta Cruz e Souza | FOTO: Divulgação

Cruz e Souza, o maior poeta catarinense de todos os tempos e um dos símbolos da luta pela abolição da escravatura na terra natal, a cidade de Nossa Senhora do Desterro (atual Florianópolis), completaria em 2014, em 24 de novembro, 153 anos de nascimento.

História do poeta Cruz e Souza: Nascido de pai escravo e mãe liberta, no solar do marechal de campo Guilherme Xavier de Sousa, o poeta Cruz e Souza foi aluno brilhante do Ateneu Provincial e escreveu para os jornais desterrenses, destacando-se como jornalista. Após a abolição, em 1888, passou a viver no Rio de Janeiro, casando-se com Gavita.

Pobre e cheio de filhos, morreu tuberculoso em março de 1898, na estação de Sítio, Minas Gerais. Sua obra literária, especialmente os livros Missal, de prosa, e Broqueis, de versos – ambos publicados em 1893 – consagraram o seu nome como inaugurador do Simbolismo brasileiro.
Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 160.

Comentários

Comentários