Retrospectiva 2020 – Raça Brasil

Redaçãodezembro 31, 202013 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/12/001-1280x1963.jpg

Que ano, senhoras e senhores!

No decorrer deste 2020, noticiamos e registramos acontecimentos que marcaram para sempre a nossa História. Pandemia, a morte de George Floyd mundialmente difundida, duas meninas negras cariocas baleadas em casa… Realmente, foi difícil respirar.

Mas diante de um ano difícil, muitos acontecimentos positivos foram protagonizados pelo povo negro no Brasil e no Mundo!

A Revista Raça teve o carinho de reunir alguns para fecharmos este ano com exemplos de que não há limites! Que para cada vez que tentarem nos abater, levantaremos 10x mais fortes! Punhos ao alto e Feliz 2021!

Babu Santana – Divulgação/Tv Globo

  #ficababu: Iniciando o ano, o ator Babu Santana dá uma aula de história sobre
racismo e empoderamento negro em horário nobre.

 

 

 

 

 

Dra Jaqueline Goes – Imagem: Revista Raça

Coronavirus: Doutora, biomédica e pesquisadora, Jaqueline Gomes de Jesus liderou
a equipe que sequenciou o COVID-19 em 48h no Brasil, tempo recorde comparado a
outros países que levaram cerca de 14 dias.

 

 

 

 

 

Thelma Assis em foto publicada no Instagram

Confinamento: No maior reality show da TV, vestida de tranças, black power e
sabedoria, a doutora Thelma tornou-se a primeira negra a vencer a edição do BBB.
“Planta não volta do paredão!”

 

 

 

 

Além de Thelminha, mais pessoas negras venceram os principais realities e competições da da TV, sendo Jojô Toddynho em A Fazenda, Record; cantor Vitor Alves e técnica Iza em The Voice Brasil, Globo; cantor mirim Kauê Penna e técnico Carlinhos Brown, no The Voice Brasil Kids, Globo; Marina Gregory em The Circle, Netflix; Atriz Lucy Ramos, Dança dos Famosos, Globo.

Adriel – Imagem: Arquivo pessoal

@livrosdodrii Dono de uma página literária com 240 seguidores, Adriel de apenas 12 anos alcançou em 24h, 340 mil seguidores interessados em suas resenhas, após reagir sabiamente a horríveis ofensas racistas. Hoje a página conta com 686 mil seguidores e todo nosso carinho.

 

 

Ainda sobre literatura, a adaptação de “Memórias Póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis, foi redescoberto com uma adaptação em inglês. Nosso maior mestre literário, ganhou admiração nos Estados Unidos com o livro apresentado “literatura latina” na Amazon e esgotou em 24h tornando-se o mais vendido do ano.

 

 

 

 

Mais literatura: Otávio Júnior ficou conhecido como “O Livreiro do Alemão”, título de seu primeiro livro, publicado em 2011. O jovem que abriu a primeira biblioteca na favela do Alemão, ganhou este ano o Prêmio Jabuti, considerado o Oscar da Literatura no Brasil, na categoria infantil.

 

 

 

 

 

No poder: Formanda da universidade negra Howard, a Senadora americana Kamala Harris torna-se a primeira vice-presidente negra da história. No topo do poder da maior potência das Américas, seu olhar para as causas sociais e ativismo dão luz a novas possibilidades para representatividade preta.

 

 

 

BlackMoney:  O cantor, compositor e produtor Pharrel Willians lançou uma organização sem fins lucrativos que visa ajudar fundadores de startups negras a atingirem seus objetivos de negócio, a “Black Ambition”.

 

 

 

 

 

Futebol: Jogadores do PSG e do Istanbul Basaksehir protagonizaram um momento histórico quando deixaram o gramado durante uma partida pela Liga dos Campeões, após o 4º árbitro ofender o atleta camaronês Pierre Webó com comentários racistas.

 

 

 

 

 

 

Fórmula 1: Heptacampeão em 2020, Lewis Hamilton é eleito melhor do ano por pilotos. O fenômeno foi capa da edição 220 da Revista Raça. Merecidamente!

 

 

 

 

 

 

 

Representatividade: Manoel Soares, jornalista, apresentador e co-fundador da CUFA, assume o cargo de apresentador interino guiando 5 horas de programação na segunda maior emissora de TV do mundo. Brilha muito!

 

 

Oportunidades: 16% dos cargos de liderança são preenchidos por negros enquanto nas ocupações comuns o número é de 53%. A fim de contribuir para a mudança desses números, Luiza Trajano determina que em 2021 todas as contratações para cargo de treinee sejam compostas por pessoas afro-brasileiras no Magazine Luiza. A ação foi considerada pela justiça um ato de reparação inédito e histórico no Brasil.

 

Cinema: O diretor e ator Lázaro Ramos, estreou com louvor seu primeiro longa. “Medida Provisória” aborda uma estrutura inovadora de tragicomédia com triller psicológico. O Roteiro que fala sobre uma medida que obriga negros do Brasil a retornarem para África, foi eleito o melhor no Indie Memphis Film Festival. Estreia prevista para 2021.

 

 

 

Denzel Washington é eleito o ator do Século 21 pelo New York Times, consagrando a carreira do vencedor de Oscars. Além de suas impecáveis habilidades de atuação e direção, também espalhou com maestria a mensagem do maior dramaturgo dos EUA, August Wilson.

 

 

No Espaço: O astronauta Victor Glover Jr, primeiro negro a morar na Estação Especial Internacional, mostrou um caminho maravilhoso além de nossa atmosfera em vídeo que viralizou no Twitter. O jovem veio de uma classe preparatória na década de 80 composta por 200 alunos, sendo ele 1 dos únicos 3 negros participantes.

 

Política: A Câmara dos Deputados formalizou uma comissão de juristas que irá avaliar e propor medidas de combate ao racismo estrutural e institucional no Brasil, enquanto o Senado aprova projeto que aumenta pena para crimes raciais.

 

Comentários

Comentários

Redação

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários