Veja a sinopse do filme que aborda os movimentos sociais pela luta dos direitos civis dos negros por meio da história de um mordomo da Casa Branca

 

TEXTO: Redação | TEXTO: Divulgação | Adaptação web: David Pereira

Sinopse do filme "O Mordomo da Casa Branca" | FOTO: DIvulgação

Sinopse do filme "O Mordomo da Casa Branca" | FOTO: DIvulgação

Baseado livremente em uma história real, o filme “O Mordomo da Casa Branca” chega em DVD às lojas de todo o país com pouco alarde, mas muito a contar. De forma emocionada e pessoal, o filme reconta vários acontecimentos da história dos EUA pela perspectiva de Cecil Gaines (Forest Whitaker), um mordomo negro da Casa Branca que acompanhou os mandatos de 8 presidentes americanos na época da efervescência dos movimentos sociais e da luta por direitos civis dos negros.

A história de Cecil parte de um trágico passado em uma plantação de algodão no sul escravista até chegar a mordomo da Casa Branca, passando pelas décadas de 1950 a 1980, com direito a uma velhice vivida em conforto, ao lado de sua esposa, em um país governado pelo então eleito Barack Obama. O filme trata de forma rica a questão racial, especialmente durante os anos 50 e 60, quando a narrativa ganha maior força com um dos filhos de Cecil, que constantemente confronta seu pai. Louis Gaines, interpretado pelo nigeriano David Oyelowo, nos leva ao tempo dos Freedom Riders e dos Panteras Negras, trazendo ao longa até mesmo Martin Luther King. Embora considerado pelos críticos brasileiros uma obra melodramática, o filme é uma peça fundamental para aqueles que desejam conhecer um pouco mais da história norte-americana, e já está disponível em DVD, Blue-Ray e no Netflix, serviço online de filmes e séries por streaming.

Quer ver esta e outras matérias da revista? Compre esta edição número 187.

Comentários

Comentários