Thelma Assis e Luanda Vieira são alvos de ataques racistas

Redaçãomaio 27, 20203 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/05/20200527_084305.jpg

Durante uma transmissão ao vivo realizada na terça-feira (26), Thelma Assis e Luanda Vieira, editora de moda da revista Glamour, sofreram ataques racistas. Luanda, que também é negra, falava sobre questões raciais, quando a ex-BBB20 teve que fazer uma pausa na resposta para alertar para uma grande quantidade de comentários racistas que apareciam nos comentários. Entre várias ofensas, uma das “mais leves”, foi “Essas negras são muito frescas”.

“Vendo a trajetória de voto, passou pela sua cabeça ‘putz, minha cor pode ser um empecilho aqui”, perguntou Luanda.

“Antes de responder a sua pergunta, queria pedir licença para denunciar os comentários racistas. A gente está aqui falando de racismo estrutural e ainda tem gente que tem coragem de colocar comentários racistas numa live tão importante como a nossa.”

A médica anestesiologista enfatizou que não foi a primeira vez que esse tipo de

“Tem acontecido em todas as minhas lives e mostra que, fazendo um link com a sua pergunta, sim, vivemos em um país racista e isso se pronuncia todos os sentidos, seja nas redes sociais, seja de forma velada e o que a gente tem que fazer é isso, denunciar”, disse

 

Desabafo no Twitter

Após a transmissão ao vivo, Thelminha usou seu perfil no Twitter, onde a interação com os fãs é maior, e fez um desabafo.

“Eu não entendo como tem pessoas que ainda não se conscientizaram que racismo é crime e que a internet não é terra de ninguém. Duas mulheres pretas falando sobre representatividade, superação e principalmente sobre a importância de atitudes antirracistas. Todos nós merecemos respeito, Não vamos nos calar”, disse a médica.

A nova integrante do programa É De Casa, exibido na Globo nas manhãs de sábado, logo ganhou uma hastag e a frase “Thelma merece respeito” um dos assuntos mais comentados da rede.

“Muito obrigada pela tag de apoio, me emocionei. Todos nós merecemos respeito. Não iremos nos calar”

 

Comentários

Comentários

Redação

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários