Um país afundado no caos!

Em qualquer lugar do mundo civilizado, o que aconteceu hoje na favela do Jacarezinho seria considerado uma fronta à democracia, ao estado de direito, ao direito de ir e vir ir. Enfim, qualquer país civilizado do mundo, as 25 mortes de pessoas, não como parte da imprensa diz entre “suspeitos” (e mesmo que fossem suspeitos, a polícia não tem direito de chegar atirando e matando todo mundo) o que aconteceu no Jacarezinho só mostra o estado e duentiu que a sociedade brasileira está vivendo.

Mais do que o descaso, estamos vivendo neste país sem governo, sem respeito mínimo as pessoas humanas, sem respeito à vida e apenas o direito de matar, o direito das autoridades, que sejam elas da mais alta autoridade do país ou a de uma polícia corrupta e violenta, vil, como tem demonstrado nos últimos anos a polícia do Rio de Janeiro. Foi uma chacina, e isso faz parte do genocídio. Quando vemos as cenas, vemos que os mortos eram, sem dúvida, pessoas negras, periféricas, de um Rio de Janeiro tão sofrido, desse país tão abandonado e à deriva.

Comentários

Comentários

About Author /

jornalista CEO e presidente do Conselho editorial da revista RAÇA Brasil, analista das áreas de Diversidade e inclusão do jornal da CNN e colunista da revista IstoÉ Dinheiro

Start typing and press Enter to search