Revista Raça

Capa

Incêndio atinge centro de cultura negra em Campinas

  • Autor: hamalli

  • Publicado em: 04/07/2018

  • Comentários:

Área da Casa de Cultura Fazenda Roseira, que abriga a comunidade Jongo Dito Ribeiro, foi consumida pelo fogo

Um incêndio atingiu a Casa de Cultura Fazenda Roseira, no Residencial Parque da Fazenda, em Campinas, na tarde desta terça-feira (26). O fogo consumiu uma APP (Área de Preservação Permanente) e parte da plantação da unidade, que fica bem perto do casarão que centraliza as atividades no local.

Na Casa de Cultura funciona a Comunidade Jongo Dito Ribeiro, tombado como bem imaterial de Campinas, e outros grupos, movimentos sociais e religiosos de matrizes africanas.

A coordenadora geral da Casa de Cultura, Bianca Lúcia Martins Lopes, diz que a equipe foi surpreendida pelo fogo enquanto realizava suas atividades nesta tarde. "Ouvimos o barulho e quando percebemos o fogo já estava bem perto da casa", disse.

Os bombeiros foram chamados e controlaram o incêndio em cerca de meia hora. "Se fosse durante a noite, o fogo teria atingido a casa. Isso mostrou as nossas vulnerabilidades. Não temos cerca, não temos segurança", disse Bianca.

Da plantação, foram atingidos o baobá, os mamoeiros, bananeiras e outras árvores frutíferas. A extensão total do incêndio ainda não foi calculada.

A CASA DE CULTURA

A Casa de Cultura Fazenda Roseira está instalada em um casarão do final do século 19 que se tornou um equipamento público em 2007 por conta do loteamento da área da antiga Fazenda, e que, a beira da destruição e depredação, foi ocupada pela Comunidade Jongo Dito Ribeiro.

A Associação do Jongo Dito Ribeiro desde 2008 faz a gestão da Casa, articulando atividades culturais e educativas.

Comentários

Comentários