Leci Brandão representa o Brasil em evento que reconhece afrodescendentes influentes

Redaçãooutubro 3, 20203 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/10/leci-brandao_354662_36.jpg

Segunda mulher negra a ocupar uma cadeira dentro da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), Leci Brandão é a representante do Brasil na MIPAD (Most Influential People African Descent) 2020 evento que reúne líderes globais para reconhecer os 100 afrodescendentes mais influentes do mundo nas categorias Política e Governança, Negócios e Empreendedorismo, Mídia e Cultura e Empreendimentos Humanitários. De acordo com a deputada, é uma oportunidade importante para saber como a população negra está vivendo em outros países.

“É fundamental a participação do Brasil no evento, já que nós, negros, representamos mais da metade da população do país. Também é importante falar nesse momento de discussão sobre o antirracismo. A Justiça também resolveu se manifestar pela igualdade de condições nesse processo de eleição”, afirma a deputada que diz estar surpresa com o convite. “É muito bom e gratificante. Já fui escolhida para representar o Brasil fora, mas pela minha carreira na música. Naquela época, nos anos 1980, foi fantástico. Agora, depois de 40 anos, eu estou participando de um encontro diferente, que mostra a continuidade da minha vida e das minhas transformações”, diz.

O Mipad é uma iniciativa da sociedade civil global em apoio à Década Internacional das Nações Unidas para Pessoas de Ascendência Africana e será realizada até 2024, quando se encerra a década afrodescendente.

A iniciativa já premiou pessoas como o piloto Lewis Hamilton, o corredor Usain Bolt, as cantoras Beyoncé e Rihanna, o jogador de basquete Lebron James, os cantores Kendrick Lamar, Drake e Emicida, a tenista Serena Williams, o jogador de futebol Paul Pogba, Chadwick Boseman (o Pantera Negra), os casais brasileiros Taís Araújo e Lázaro Ramos, Érico Brás e Kênia Maria, entre outras pessoas inspiradoras.

O evento iniciou na sexta-feira (02) e vai até domingo (04), transmitido pela internet.

Comentários

Comentários

Redação

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários