Estética negra é tema de workshop

Redaçãoagosto 22, 20204 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/08/Danny-Soares-1280x959.jpeg

No próximo domingo (23), às 13h, a empresária Danny Soares apresenta a Live “World Black” pelo canal youtube.com/DannyelleSoares. O evento é gratuito e terá a primeira edição on-line por conta da pandemiado novo coronavírus. A apresentadora reforça a qualidade da iniciativa.

” Eu queria um evento que falasse desde gestão de negócios até a estética. O cabelo, a pele, os penteados e a barba. Para muitas pessoas pode não ter importância, mas para nós é extremamente significativo ter um evento voltado para o público negro, sendo feito por negros”, ressalta.

O workshop vai abordar novas técnicas da área de barbearia, tranças, maquiagem e penteados e entrelace, além de um pouco de gestão de negócios. Além de Danny, os profissionais Andreza Leopoldino, Rodrigo Ferreira, o Príncipe das Tranças, participam do evento.

Um diferencial destaca a live: o workshop é oferecido na versão híbrida, unindo o on-line com o presencial, respeitando o protocolo de segurança da OMS, seguindo as restrições de distanciamento social, uso de máscara e álcool em gel conforme determinada as regras da flexibilização no Estado do Rio de Janeiro. Foram liberadas 20 cotas de participação nesta modalidade, com vagas já esgotadas.

Sobre Danny Soares

O período da pandemia trouxe muitos desafios a empresária Danielle Soares, 37 anos, criada na Baixada Fluminense. Com mais de 17 anos dedicados ao mercado de noivas, a chegada do distanciamento social mudou a rotina da hair design, que teve os atendimentos presenciais interrompidos. Com isso, decidiu se reinventar pelos meios digitais com o evento de estética negra “World Black”, a ser realizado pela primeira vez na versão on-line.

“Trabalhar com embelezamento era algo que fazia parte de mim, mas queria bem mais. A importância de dar voz ao povo preto, de reafirmar qual é o nosso lugar e potencializar as ações do profissional.”, reforça a idealizadora.

Com investimento na área digital, a empresária alcançou a marca de 35k de seguidores no Instagram e tem conquistado cada vez mais idealizadores. A plataforma tem sido lugar de referência para mulheres negras que se sentem incentivadas, representadas e acolhidas através dos vídeos publicados no canal. Também são abordados diferentes assuntos como beleza, cuidados e empoderamento feminino.

 

 

Comentários

Comentários

Redação

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários