Geração Z: Como integrar?

Amarildo Nogueiramarço 16, 20203 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/03/Geração-Z.jpg

Empresas têm investido cada vez mais em equipamentos, tecnologia da informação e estrutura física, mas ainda deixam a desejar quanto ao desenvolvimento de pessoas. Os tempos mudaram e as pessoas também. As empresas que não tiverem, realmente, uma preocupação com a gestão de pessoas, correm o risco de comprometer o desenvolvimento e crescimento de seu negócio. Neste processo de gestão de pessoas, o trabalho com as diferentes gerações faz parte do grande desafio dos gestores atuais. Destaco aqui algumas características das gerações Baby Boomers, X e Y, para compreendermos melhor o diferencial com relação à Geração Z, tema deste artigo.

A Geração dos Baby Boomers tem como características as crianças nascidas durante uma explosão populacional – Baby Boom em inglês, ou, em uma tradução livre, Explosão de Bebês. Em geral, a atual definição se refere aos filhos da Segunda Guerra Mundial, período em que houve uma explosão populacional. São as pessoas nascidas, aproximadamente, entre 1940 e 1960. A Geração X é composta por filhos dos Baby Boomers, nascidos entre os anos 1960 e 1980. Quanto à geração Y, também chamada de Geração Next ou Millennnials, apesar de não haver um consenso a respeito do período desta geração, a maioria da literatura se refere às pessoas nascidas entre os anos 1980 e 1990. São, por isso, muitos deles, filhos da geração X e netos da Geração Baby Boomers.

Para continuar lendo este artigo, faça a assinatura digital em https://revistaraca.com.br/assinatura/

Comentários

Comentários

Amarildo Nogueira

Mestre em Gestão de Negócios pela Universidade Católica de Santos, MBA em Logística Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Business and Management International Professional pela University of California (Irvine-EUA). É Consultor empresarial e autor do livro Logística Empresarial: uma visão local com pensamento globalizado. Ministra Palestras e Treinamentos em todo Brasil, onde já desenvolveu e capacitou mais de 60.000 pessoas.

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários