Jogador santista sofre racismo de narrador

Na disputa desta quarta (03) entre Santos e Grêmio pelo Campeonato Brasileiro, o narrador Haroldo de Souza usou termos racistas para se referir ao jogador Lucas Braga.

Em uma conversa com um repórter em campo, Souza perguntou “Aquele crioulinho que está lá na ponta esquerda do time do Santos, quem é ele?”, após saber que se tratava do ponta Lucas Braga ele continuou: “Ah, o Lucas Braga que está caído lá. É o moreno, né? Moreno, cidadão de cor, numa boa”. A partida encerrou com um empate por 3 a 3.

Haroldo pertence à Rádio Grenal que dedica toda sua programação ao universo do futebol. Em um comunicado oficial a rádio afirma que não compactua com qualquer atitude discriminatória.

O Santos afirmou que através de seu departamento jurídico tomará medidas cabíveis contra a fala do narrador: “Não cabem mais lamentos ou notas de repúdio sobre racismo em pleno 2021. Cabe ação e mobilização.” A empresa MMC Sports que gerencia a carreira do atleta também se posicionou e está apoiando o atleta em relação às ações que queira tomar sobre as ofensas.

Ofensas raciais são comuns no meio futebolístico, quando não vindos da torcida elas são “soltas” através de narradores e comentaristas esportivos. Um dos casos recentes envolvendo um jogador santista foi o de Marinho. Após ser expulso no primeiro tempo em uma partida entre Santo e Ponte Preta o comentarista Fábio Benedetti foi questionado sobre o que diria ao jogador em um grupo do WhatsApp, ele respondeu: “Você é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que você fez”. Após o ocorrido, Benedetti foi demitido da Rádio Energia 97FM, onde fez o comentário racista e disse em entrevista que tinha um grupo chamado Senzala.

Comentários

Comentários

About Author /

Start typing and press Enter to search