Revista Raça

Especiais

O ESCRAVO QUE SE TORNOU GENERAL DO EXÉRCITO RUSSO

  • Autor: redação redação

  • Publicado em: 16/10/2016

  • Comentários:

Conheça a história de Abram Petrovich Gannibal, o escravo que se tornou general do exército russo

 

TEXTO: David Pereira | FOTO: Domínio Público

Abram Petrovich Hannibal | FOTO: Domínio Público
Abram Petrovich Hannibal | FOTO: Domínio Público

A data de nascimento de Abram Petrovich Gannibal é incerta, porém, há indícios de que date por volta de 1696 em uma região que viria a se tornar o país Camarões. Sequestrado como escravo quando ainda tinha 7 anos, Hannibal foi entregue como tributo para o Sultão Otomano em Constantinopla (atualmente, Turquia). Lá, foi adquirido pelo embaixador russo na região e enviado ao Czar Pedro I, "o Grande", tornando-se seu apadrinhado, tendo herdado, inclusive, o nome "Petrovich".

Quando Abram tinha cerca de 20 anos, o Czar o deixou em Paris, na França, para ser educado na ciência militar. Foi nesta época, após participar do exército francês na luta contra a Espanha, que Abram adotou o nome militar africano "Gannibal" (Hannibal em alguns lugares).

Ao voltar pra Rússia, Gannibal já era um especialista em fortificações e tornou-se um dos mais conhecidos generais, tendo ganho o apelido de "O senhor negro".

Abram Petrovich Gannibal morreu aos 85 anos, deixando 11 filhos. Um destes viria a ser o avô de um dos maiores poetas russos, Alexander Pushkin. O interessante é que sua história é muitas vezes lembrada somente pelo parentesco com o escritor, mesmo Gannibal sendo considerado por muitos como o primeiro intelectual negro da Europa.

 

Gostou? Veja mais matérias na Revista Raça Brasil.

Comentários

Comentários