Sonhar, planejar e executar

Rachel Maiajunho 30, 20204 min
https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2020/06/afro-americana-mulher-negra-trabalhando-com-computador-portatil-pessoas-de-negocios-criativas-planejando-e-usando-a-caneta-no-loft-de-trabalho-moderno_38019-1113.jpg

Como andam seus sonhos?

Cansado demais da luta diária? Mas qual é sua luta? É contra esta pandemia da Covid-19 que parece não ter fim ou é contra os seus medos?

Não é fácil lidar com o desconhecido, o desemprego, o desespero, a imprevisibilidade, o MEDO e as dúvidas. E, neste momento, seus competidores enxergam a crise como OPORTUNIDADE.

Então, qual é a diferença?

São as suas escolhas!

Nelson Mandela ficou 27 anos em uma prisão. O mundo mudou. Tudo mudou. Mas qual foi a escolha que ele fez naquele momento desafiador? O que você faria, desistiria?

Bem, ele poderia desistir ou apenas aceitar. Mas fez uma escolha e, depois de 27 anos, continuou a perseguir seus sonhos e foi o primeiro presidente negro da história do seu país e um dos homens mais admirados e inspiradores do mundo. Sua história, todos conhecemos. Mas quais são os aprendizados que devemos tirar dela?

Devemos respeitar o tempo e seguir acreditando nos sonhos. Confiar e ter, acima de tudo, um propósito. Algo que nos impulsione a cada segundo, que nos mostre que devemos ser precursores da nossa história.

Mas é difícil, pois tudo está mudado! A dinâmica da vida mudou, mas…

Tudo mudou?

“Não há nada como regressar a um lugar que está igual para descobrir o quanto a gente mudou” – Nelson Mandela.

Devemos persistir no sonho, mas acordar para PLANEJAR e EXECUTAR. É fundamental sermos resilientes, para suportarmos os tombos que tomaremos na curva do aprendizado. É preciso estar alerta aos sinais de mudança do mercado, aprimorando conhecimentos de forma constante, alinhar e realinhar expectativas. Se necessário, mude a rota.

Seja criativo, invista na sua capacidade de transformação.

O melhor momento é agora. Mudanças e desafios serão uma constância se você vislumbra o “próximo degrau”.

Hoje, meu cotidiano é ser produtiva, manter a “firma unida” virtualmente. Quantos desafios! Pura adrenalina, pois tenho prazer naquilo que faço. Admito que tinha dúvidas sobre o home-office, mas me surpreendi com a alta produtividade. Valem algumas ressalvas: um dia desses de isolamento, eu, focadíssima no meu computador, fui interrompida por minha filha Sarah Maria, de 08 anos. “Nossa mãe, chega de férias, heim! Você já pode voltar para o escritório, só toma cuidado direitinho contra o vírus”…

Fiquei sem palavras!

Planejar, organizar, fazer agenda diária, estabelecer metas são aspectos fundamentais. O novo vem para aqueles que se preparam. Mas não deixe de respeitar as pausas para manter sua mente produtiva de forma saudável.

Continue lendo

 

Comentários

Comentários

Rachel Maia

Contabilista e empresária brasileira, atualmente CEO da Lacoste no Brasil.

https://revistaraca.com.br/wp-content/uploads/2017/08/logo-scaled.jpg

Há 24 anos no mercado, a pioneira e mais antiga publicação negra do Brasil.

Comentários

Comentários